Vídeo

Oii Salam Aleikum!


Hoje tenho mais um vídeo pra vocês. Ele é um depoimento de uma moça muçulmana, revertida, ela fala um pouco da sua visão antes e depois do islam e como é sua vida hoje. A história dela se parece muito com as de muitas muçulmanas que também se reverteram ao islam.
Espero que gostem! =D


Não fale sem antes conhecer


Oi gente, Salam Aleikum!

Ontem passei por uma situação bem complicada na escola, uma falta de respeito....

Como vocês sabem, sou recém revertida, pouquíssimas pessoas sabem que sou muçulmana, e como não falo muito com meus colegas de classe, eles não têm a mínima idéia que sou muçulmana.
Quando alguem acaba sabendo da minha religião, normalmente eles têm dois tipos de reação. Primeiro - Eles ficam totalmente surpresos, algo que nunca passou pela cabeça deles :"Nossa!! Sério mesmo?? Você ta falando sério?? Você é mesmo muçulmana??!!"
Segundo- Eles começam a rir, pensam que estou brincando e fazem piadinhas idiotas...

Isso é algo que me chateia muito, mas que infelizmente não posso controlar e tenho que lidar com essas situações...
Mas ontem aconteceu algo realmente deplorável. Eu estava lá assistindo a aula de geografia numa boa, até que o professor começou a falar de religião, falou dos grupos grupos xiitas e sunitas, até aí tudo bem, até que ele fala : "Vocês sabem né como os muçulmanos rezam? A cara no chão e a 'bunda' pra cima!". Daí já vi que não ia parar por aí, fiquei só esperando o que mais ele ia falar, como eu sabia que já ia vim mais besteira já comecei a ficar um pouquinho nervosa....
Daí ele começou a falar dos homens bomba, fazendo piadinhas sem graça, dizendo que os muçulmanos, os "islamitas", eram homens bomba, que os muçulmanos eram terroristas.
COMO ASSIM??? MUÇULMANO NÃO É TERRORISTA!!! E as brincadeiras desse professor não parou. Nessa hora comecei a me sentir mal .... Como um professor pode falar uma coisa dessas??
Eu tentei falar com ele :" Não professor, isso não é verdade, eu sou muçulmana, o terrorismo não é permitido no islam". Mas quem disse que ele deixou eu falar?!! Ele simplesmente me cortou e continuou falando seus absurdos, dizendo que o terrorismo é permitido no islam sim, pois está escrito no alcorão que quem mata em nome de Allah vai pro paraíso! -Isso Não Existe!!!

Caramba, nessa hora simplesmente desabei (literalmente, minha pressão caiu, fique passando mal!) como um professor, que é um educador e que deve transmitir conhecimento aos alunos pode falar esse tipo de coisa? Como ele pode brincar com religião dessa forma? Por que ele não se informou primeiro antes de falar do assunto??

Só sei que saí da sala, até porque eu estava me sentido muito mal. A turma não entendeu nada, ficaram todos me olhando, mas tudo bem....

Quando volto para sala após o intervalo (depois de um rio de lágrimas), tem uns 'engraçadinhos' que ficaram brincando de homem bomba. Sabe o que eu acho disso???
Isso é coisa de gente ignorante (nos dois sentidos), sem cultura, de mente vazia que não sabe falar sobre nada. Se acham muito espertos mais não são. Eles são simplesmente Preconceituosos!! Eles acham muito bonito mostrar sua ignorância aos outros, se acham os donos da razão... Eu sinto pena, que Allah os guie, amin.

Eu sei que o Mundo ta cheio de gente assim, que julga sem conhecer, e a gente tem que lidar com essa situação, pois nós muçulmanos somos os "estranhos" mas Inshallah nós teremos o nosso lugar no paraíso.

Eu só estou dizendo isso, pois se você for desse tipo de pessoa que adora criticar aquilo que não conhece, repense antes de falar. Não saia por aí falando besteira, é melhor ficar calado quando você não tem nada pra dizer. Eu tenho certeza que você não quer ser taxado de ignorante preconceituoso, pois é isso o que penso sobre quem tem esse tipo de cabeça.

Então é isso gente, Que a Paz esteja com vocês!

Divórcio no Islam??!!


Salam Aleikum!


Oi gente!
Como o titulo da postagem propõe vou falar do Divorcio No Islam.

Ao contrário do que muita gente pensa, sim, NO ISLAM O DIVÓRCIO É PERMITIDO.

Ok, vamos lá que vou tentar explicar de uma maneira simples esse tópico pra vocês ;)
Bem, como vocês sabem, Deus é Misericordiosissímo e Justíssimo, Ele não iria nos obrigar permanecer com uma pessoa pelo resto de nossas vidas se essa convivência não é saudável.
Claro que os islam desencoraja o divórcio, pois ele considera o matrimônio e a família algo extremamente importante, faz parte da religião, então o casal deve procurar soluções para resolver a situação, mas se mesmo assim haja motivos relevantes para fazê-lo, o islam não proíbe. O Profeta do Islam disse aos crentes que: "entre todos os atos lícitos, o divórcio é o mais odiado por Deus" (Abu Dawood)

Tanto o homem quanto a mulher têm o direito de pedir o divórcio, ao contrário do que muita gente pensa, a mulher não está "presa" ao homem. Eles têm o mesmo direito.

Certa vez uma mulher veio ao Profeta procurando a dissolução de seu casamento. Ela disse ao Profeta que não tinha qualquer queixa contra o marido, com relação ao caráter ou aos modos. Seu único problema era que ela, honestamente, não gostava dele a ponto de ser capaz de viver com ele por muito tempo. O Profeta lhe perguntou. "Você lhe daria seu quintal de volta" (o presente de casamento que ela havia recebido) e ela disse: "Sim". O Profeta então orientou o homem a tomar de volta o seu quintal e a aceitar a dissolução de seu casamento (Bukhari).

Quando um casal ou alguma parte dele decidi pedir o divórcio eles têm que esperar 3 meses. Esse tempo é importante para o casal refletir sobre o que estão fazendo e para se cetificarem que a esposa não está grávida. Pois se ela estiver grávida o marido deve assumir a criança, e não dizer que ela engravidou depois do divórcio.

O Nobre Quran diz: [65:7] O marido rico deve fornecer suporte de acordo com seus meios, e os pobres devem fornecer de acordo com os meios que Deus concedeu a ele. Deus não impõe a nenhuma alma mais do que Ele lhe deu. Deus proverá facilidade depois de dificuldade.
--Isso significa que o homem deve sustentar a ex-esposa e filhos após o divorcio, de acordo com suas condições.

E tanto o homem quanto a mulher têm o direito de casarem novamente após o divórcio, sem nenhuma restrição após os 3 meses previstos.

O islam veio pra simplificar e não complicar, é o caminho para adquirirmos a felicidade plena nas nossas vidas. Sempre temos o direito de ser feliz!

Vídeo - Expressões islâmicas em árabe

Oi, Salam Aleikum!


Gente, as aulas já começaram, isso significa que vou ficar maluca com tanto estudo! rsrsrs
Não posso fazer as postagens regularmente como queria fazer, mas também não vou ficar sem postar, é claro.
Hoje estou dando só uma pequena escapadinha pra compartilhar com vocês um vídeo bem legal, que a irmã Maryam me mandou.
Esse vídeo explica as expressões que a maioria dos muçulmanos usam em árabe. Se você um dia escutar um muçulmano falar alguma coisa em árabe que você não entenda, agora você vai entender! =D

O vídeo é todo em inglês, mas inshAllah (se Deus quiser) breve colocarei as traduções em português para aqueles que não falam inglês.



Entrevista - Garota muçulmana esclarece um pouco sobre o hijab

Oi Gente! Salam Aleikum


No post de hoje teremos uma entrevista!!

Bem, O tema dessa entrevista é Hijab - véu muçulmano. Farei perguntas que muitas pessoas tem em relação ao hijab.

Então vamos lá!

A entrevistada é Maryam, ela é uma garota de 16 anos, marroquina, mora em casablanca, e é de família muçulmana.

Aisha : Você começou a usar o hijab com quantos anos?
Maryam: Eu não me lembro exatamente, mas aposto que foi aos 6 anos. Quando eu era criança via as mulheres da minha familia usando o hijab, então eu quis usar também.

Aisha: Você não acha desconfortável usá-lo?
Maryam: Não, eu nunca me senti desconfortável usando ele. Na verdade me sinto feliz e confortavél.

Aisha: Você não sente calor usando o véu e toda essa roupa?
Maryam: Na verdade não, se for verão, por exemplo, me sinto que nem as outras pessoas. Eu quero dizer, eu posso sentir calor, mas não é por causa do que eu visto, mas do clima!

Aisha: E você escuta normalmente quando usa o véu?
Maryam: Sim, com certeza. Totalmente normal

Aisha: Você é obrigada a se vestir dessa forma?
Maryam: Não, como eu disse antes, eu que escolhi usá-lo desde quando eu era criança porque eu gosto.

Aisha: Em quais lugares você usa o hijab?
Maryam: Bem, eu uso ele quando eu saio de casa ou na presença de homens estranhos. E eu uso roupas normais dentro de casa em frente do homens da familia : Meu Pai, avô, tio, irmão...

Aisha: O que você sentiria se você fosse para um lugar que lhe proibisse de entrar com o hijab?
Maryam: Eu nunca entraria nesse lugar, é claro. Eu nunca tiraria o meu hijab. Eu me sentiria triste pois essa é a minha escolha, e eu sou livre por fazê-lo.

Aisha: Por que o hijab é tão importante pra você?
Maryam: hijab é importante porque, em primeiro lugar é uma ordem de Deus, meu Senhor, e eu sei que Deus não me mandaria fazer algo se não tivesse benefício para mim. Segundo, porque ele me protege e salva a minha dignidade, e faz com que as pessoas me julguem pela minha personalidade e minhas idéias e não pela minha aparência ou beleza.

Aisha: E você pode estudar, trabalhar, praticar esportes, mesmo usando o hijab?
Maryam: Sim, eu posso fazer qualquer coisa que eu quero, se não for coisas proibidas, como praticar esportes na frente dos homens, ou trabalhar em algo proibido como dança ou qualquer outra coisa parecida.

Aisha: Então você pode praticar esportes se apenas estiver na presença de mulheres?
Maryam: Sim claro, pois em esportes você faz alguns tipos de movimentos que você não pode fazer na presença de homens e também mostra o seu corpo.

Aisha: Então quando você está na praia você não nada?
Maryam: depende, se vamos a um lugar vazio na praia, podemos nadar ou nadamos com os nossos hijabs e roupas modestas isso não faz o mergulho menos divertido se você usar o hijab, então não há problema. Mas normalmente, eu não vou à praia. Podemos nadar em piscinas privadas com mulheres.

Aisha: O que você diria a uma mulher muçulmana que quer usar o hijab mas ainda tem receio?
Maryam: Eu diria que faça isso pelo amor a Deus e ele lhe ajudará. e lembre-se, se você seguir o que o seu senhor lhe diz, o que os outros pensam não importa.

Aisha: Muito obrigada por participar da entrevista. Ela pode ser muito esclarecedora pra muita gente!
Maryam: De nada! Que Deus guie todos nós para a verdade!



Video - Islam em 5 minutos

Salam Aleikum!


Gente achei um video no youtube que gostei muito, vale muita pena assistir !


Espero que tenham gostado!

Você nasceu muçulmano!


Olá! Salam Aleikum!


Você sabia que - Todos os seres humanos já nascem muçulmanos??

Não sabia? Quer entender o porque?

Bem, o que é ser muçulmano? Muçulmano é aquele que é submisso a Deus e aceita que não existe outra divindade além d'Ele.


Então o que acontece é que nascemos muçulmanos porém a sociedade e a família nos leva por outros caminhos. Por isso usamos a palavra "reversão" no lugar de ''conversão" , pois estamos apenas voltando para nossas origens e não entrando em algo totalmente novo.

Quando uma criança nasce, ela já tem impresso nas suas almas a existência de Deus, isso já faz parte da nossa natureza da qual fomos criados.
Deus explica que, quando criou a Adão, criou toda a sua descendência, à qual exigiu um juramento, dizendo: «“Não sou o vosso Senhor?” Disseram: “Sim, nós testemuhamo-lo”». (Alcorão, 7:172).

Se durante toda a vida de uma pessoa não falarmos nada de religião para ela, ela saberá por sí só que existe um Criador, algo que está acima dele. Ela não imaginaria sozinha que Deus é dividido em 3 partes, ou é trindade.

Afinal o islamismo é a religião pura, de adoração somente a Deus e mais ninguém. Pois Deus é único e um só.

Então, assim como a criança se submete às leis físicas que Deus colocou na natureza, sua alma também sustenta naturalmente ao fato de que Deus é o seu Senhor e Criador.Mas seus pais tentam fazê-lo seguir o caminho deles e a criança não é suficientemente forte nos primeiros estágios de sua vida para resistir ou se opor á vontade de seus pais. A religião que segue a criança nesta fase é um dos costumes e da educação, e Deus não o punirá por esta religião. Agora cabe a ela buscar a verdade e o caminho certo, pois a partir do momento que você tem o controle do seu conhecimento você deve procurar a verdade.

Crescimento do islam


Oii Pessoal! Salam Aleikum

Esse post vai falar de um tema que muito me agrada, que é o crescimento do islam. =D

Eu, dando uma olhadinha na internet, encontro muitos sites cristãos que falam sobre o crescimento do islam. Engraçado é que todos esses sites afirmam que o aumento do islamismo vem graças apenas ao crescimento demográfico e que as familias muçulmanas têm mais filhos que as familias cristãs. A reversão das pessoas e a busca da verdade, para eles, não têm importância alguma no aumento desses números!! Que absurdo!!

Já outras pessoas pensam que o crescimento do islam vem com a imposição religiosa, as pessoas são obrigadas a aceitar o islam. Ora queridos leitores, eu não tive nenhuma arma apontada na minha cabeça no dia da minha reversão , eu fui por livre e espontânea vontade, e é assim que acontece!

Bom, vamos analisar o que ocorre no Brasil.

Existe uma escassez de informações oficiais e das previsões hipotéticas a respeito da difusão da religião no Brasil, a expansão do islã é um fenômeno global incontestável.

No Brasil, a maioria dos revertidos é formada por mulheres de classe média, dos 20 aos 40 anos, que abandonaram o convívio com o catolicismo e o pentecostismo, principalmente. Exibem um perfil diversificado: de servidores a profissionais liberais, de estudantes a desempregados.---Se o islam fosse uma religião que oprime a mulher, a maioria dos revertidos não seriam elas.--

A imigração árabe no Brasil não tem um numero considerável atualmente para justificar sozinho o aumento dos muçulmanos. Aqui, o crescimento do islam também vem graças a reversão dos brasileiros.

Após o ataque de 11 de setembro aos Estados Unidos por terroristas muçulmanos, as pessoas queriam aprender mais sobre as pessoas que foram capazes de abalar o núcleo do império americano, outros duvidavam das histórias de mídia. O povo viu que o Islam não tinha nada a ver com o ódio eo terrorismo, e aos poucos brasileiros se convertem ao islam.

Em 5 ou 7 anos o islamismo será a religião dominante no Mundo.




Video que mostra os muçulmanos no Brasil

E eu? Como conheci o islam?


Oi gente! Salam Aleikum!

No post de hoje vou falar um pouquinho de mim, de como conheci o islam.


Como a maioria das pessoas do Brasil, nasci numa família cristã, tenho pais divorciados e um irmão mais novo.
Quando eu tinha 7 anos aconteceu o ataque ao World Trade Center, a parti daí escutei pela primeira vez a palavra "muçulmano" que segundo a tv dizia eles eram sinônimos de terroristas.
Ainda aos 7 anos estava passando na televisão brasileira a telenovela "O Clone" que retratava de uma maneira muito errada o islam. Mas eu, na época, amava a novela, ficava fascinada pelo mundo árabe.
Eu fui crescendo sem saber ainda o que era o islam, mas eu sempre gostei muito do mundo árabe, das cores, do estilo, da dança...

Na escola comecei a estudar religião, e quando chegava na parte do islam o que as professoras falavam não era nada bom, mas eu nunca acreditei que uma religião poderia ser tão ruim como eles diziam, eu sempre acreditei que toda religião era boa. Na minha cabeça, apesar do que me falavam, o islam não era ruim.

Minha família nunca foi religiosa, não cresci segundo os preceitos de uma religião, mas eu sempre gostei muito disso, eu precisava de ter algo firme para mim, eu precisava de Deus, eu precisava seguir os caminhos de Deus. Eu sempre pedia para minha familia me levar a igreja, pedidos esses que nem sempre eram atendidos...

Quando completei 14 anos comecei a fazer a crisma. Eu gostava muito das aulas de crisma, afinal eu estava aprendo mais sobre a minha religião, estava aprendendo o que era certo e errado.
Porém percebi que eu não acreditava em nada daquilo que estava me ensinando! Aquilo não fazia a menor lógica para mim! Como Deus pode ser três e ao mesmo tempo um? 1+1+1=1?? Como ele veio para Terra se Jesus era o seu filho? Como Pai e filho são a mesma pessoa ao mesmo tempo?? Por que eu preciso de santos para chegar a Deus?? Por que eu preciso confessar meus pecados ao um homem que também é um pecador?? Por que a bíblia uma hora diz uma coisa e depois outra? E as duvidas vinham cada vez mais e mais. (Não estou criticando a religião, estou apenas dizendo meu sentimentos e dúvidas na época, essa é a minha história).

Eu tentei ir por outros caminhos, comecei a freqüentar a igreja evangélica, eu gostava muito de ir lá, qualquer contato com Deus era bom pra mim. Eu ainda não acreditava no que me diziam, mas eu tentava enganar a mim mesma. Eu não conhecia outros caminhos, só esse, então esse era o certo mesmo que eu não concordasse.

Ainda com 14 anos comecei a conversar com pessoas árabes na internet, a principio apenas como curiosidade. Então escutei novamente a palavra "islam" e comecei a pesquisar por mim mesma. Logo a principio gostei muito da religião, principalmente o meio de vida, eu sempre quis ser assim! Mas eu senti muito medo, chorei muito, não queria negar aquilo que foi a verdade durante toda a minha vida. Eu queria seguir a caminho certo, mas eu não sabia qual. Quanto mais eu lia mas eu chorava e mais duvida sentia. Então decidi parar com tudo. Decidir não seguir religião nenhuma no momento. Eu me achava muito nova pra escolher um caminho que ia afetar toda minha vida, aquilo era muito importante para mim... então pedi a Deus que me mostrasse o caminho certo.

Ainda me denominava cristã. Se alguem me perguntasse ia dizer que era católica. Eu ia enganar a mim mesma. Ia defender aquilo que cresci aprendendo. A verdade era que eu estava com muito medo...

Até que um dia, depois de um ano, a questão islam apareceu novamente na minha vida. Eu conheci uma pessoa que me ensinou muita coisa sobre o islam, e me ensinou também sobre o cristianismo. Eu via as duas faces da moeda.

Quando eu viajei para Europa vi muitas pessoas muçulmanas, eu fiquei APAIXONA pelo islam!! Eu queria ser assim!! Eu sempre quis!! Eu não me imaginava de outra forma senão muçulmana!

Então após muita relutância, de muita reflexão, de muito estudo decidi me reverter ao islam!

Deixo bem claro que isso não foi algo de uma hora para outra, mas é fruto de muito estudo. Eu estava certa de qual caminho seguir!
Finalmente encontrei minha paz espiritual!!

Fiz a minha shahada (testemunho de que não existe outra divindade merecedora de adoração exeto Allah, e que Mohamed é mensageiro de Allah. Testemunho necessário a todos os muçulmanos) no dia 17 de Outubro de 2010, sozinha na minha casa. Essa foi uma nova etapa na minha vida!

Minha familia não aceita ainda minha opção, mas inshallah (se Deus quiser) eles vão aceitar e um dia se converter também!


Bem, essa é a minha história de como me reverti ao islam, um processo que foi doloroso durante 2 anos, mas não imagino minha vida sem ele!


(Foto tirada no ano 2000, essa é a minha família, eu tinha 6 anos)

Que preconceito!!





Salam Aleikum!


Hoje o tema que vou abordar é o preconceito no islam. Vou repassar para vocês um e-mail que recebi a um tempo atrás.
As pessoas sempre acham que os muçulmanos são oprimidos e extremistas, julgar sem conhecer é muito fácil ....







Porque um Judeu pode deixar sua barba crescer afim de praticar sua fé



Mas quando um muçulmano faz o mesmo ele é taxado de terrorista ou
extremista!!!!




Porque uma freira pode estar coberta da cabeça aos pés em devoção a Deus



Mas quando uma muçulmana faz o mesmo ela é oprimida!!!





Quando uma mulher ocidental fica em casa para cuidar da casa e do marido ela é respeitada por se sacrificar pela família.


Mas quando uma muçulmana faz o mesmo por vontade própria dizem :" ela precisa ser libertada!"





Qualquer garota pode ir a faculdade vestindo o que quiser e tem seus direitos e liberdade??




Mas quando uma muçulmana usa o hijab, ela é proibida de entrar na faculdade!!



Quando uma criança se dedica a algo ela tem potencial



Mas quando uma criança se dedica ao islam ela está
perdida!




Quando um cristão ou um judeu mata alguém, a religião não é mencionada, mas quando um muçulmano é acusado de um crime, o islamismo é que vai a julgamento??!!!

Pecado original?


...Nenhuma alma receberá outra recompensa que não for a merecida, e nenhum pecador arcará com culpas alheias...” (Alcorão 6:164)







Oi gente, Salam Aleikum

O post de hoje vai falar sobre o pecado original,- Nós já nascemos impuros?

Segundo o islam, todo o ser humano já nasce puro, livre de pecados e inocente.

Afinal, o que é pecado? O pecado é quando desobedecemos as leis de Deus voluntariamente e conscientemente, tanto as leis do mal como a do bem. (Quando fazemos algo que é errado ou deixamos de fazer algo que é certo).


Será realmente justo um bebê que acabou de nascer estar impuro por pecados?
Claro que não, cada qual é responsável por suas ações, afinal ninguém herda pecado de ninguém, ninguém recebe o pecado pelos os outros. Deus é justo e Misericordioso.

Então não herdamos o pecado de Adão, aliás pecado esse que foi perdoado : Adão obteve do seu Senhor algumas palavras de inspiração, e Ele o perdoou. Ele é o Remissório, o Misericordioso.” (Alcorão 2:37)

"E ambos comeram (os frutos) da árvore, ... Adão desobedeceu a seu Senhor e foi seduzido. Mas logo o seu Senhor o elegeu, absolvendo-o e encaminhando-o." (Alcorão 20:121-122)



A Oração no Islam


“Vinde para a oração, vinde para a salvação"

Salam Aleikum!

Gente nesse post vou falar das orações do islam (salat).
Muita gente não tem a mínima idéia de como é a oração no islam, então vou fazer um breve comentario sobre as orações.


Nós temos 5 orações obrigatórias por dia que é a oração da alvorada (fajr), a oração do meio dia (Dhuhr), a oração da tarde (Asr), a oração do pôr-do-sol (Maghrib) e a oração da noite (Isha). Cada uma delas já tem um horário pré-fixado que pode variar dependendo do local onde você está.
Aqui tem os horários das orações em cada cidade.


Antes das orações temos que fazer a ablução, que é uma higienização do corpo. Que consiste na limpeza da face, boca, nariz, orelhas, mãos e braços, cabeça e pés.



Nas orações estamos voltados a Meca, e pode ser realizade em qualquer lugar (casa, mesquita, rua, praças, etc). Ela pode ser realizada em grupos ou individualmente.




Esse video mostra um grupo de pessoas fazendo a oração na rua.



Mas ao contrario do que muita gente pensa, a oração não é para nós um fardo. Quando fazemos as orações estabelecemos o contato com Deus, glorificamos Deus, expressamos gratidão por tudo que temos, pedimos perdão, suplicamos por orientações, paz, removemos a tensão que nos ataca espiritualmente que pode implicar na nossa saúde física e mental, além de ser um ato de obediência a Deus.

Quando acontece algo que nos impede de fazer a oração, nos sentimos ansiosos para que em breve possamos restabelecer o contato com Deus.


Chat Islam Online


Oii Gente!! Salam Aleikum!

Hoje vou fazer a divulgação de um site realmente muito bacana, que é chat islam online.

Quem eles são? : "Somos um grupo de muçulmanos de vários países ao redor do mundo, e nos conhecemos por estar cursando estudos de ciências islâmicas distintas. Esta página nasceu de um sentimento nosso compartido de apresentar ao mundo nossa religião tal como ela é. De acordo com o Alcorão, e os ensinamentos do Profeta Muhammad (SAAS), e nossos virtuosos antecessores."

Eles estão aí para te ajudar e ensinar sobre o Islam, responder suas perguntas, esclarecer suas duvidas, saber sobre o que é o islam. E se você quer se converter ao islam eles te ajudam a se converter e também te ajudam nos seus primeiros passos após a conversão.

Para entrar no site clique aqui!


Eu amo o Islam!



Oii gente! Salam Aleikum

Ontem eu estava conversando com a irmã Maryam (ela é uma irmã super fofa do Marrocos) e eu disse que no início a minha intenção não era fazer um blog sobre o islam, mas escrever minhas idéias e coisas que gosto, porém a unica coisa que veio a minha cabeça foi a minha religião! A coisa que eu mais gosto é o islam!!!!

No meio da conversa ela disse que as pessoas perguntam porque os muçulmanos só gostam de falar sobre o islam. Ora, é porque o Islam é o nosso meio de vida e tudo o que fazemos nas nossas vidas tem relação com ele!



Sim!! Nós muçulmanos AMAMOS a nossa religião! Nos sentimos extremamente orgulhosos ao dizer "sou muçulmano!"!

O islam não é somente uma religião, mas é um meio completo de vida. Nós não nos lembramos da religião apenas uma vez por semana, mas sim em cada ato e cada palavra que falamos nos nossos dias.

No dia que fiz minha conversão fiquei tão feliz, tão feliz, tão feliz, que eu quis gritar pra todo mundo :" Ei, agora sou MUÇULMANA!" lol

Pra quem não é muçulmano, talvez não entenda, (quando eu era cristã, nunca me senti assim) mas você sente uma paz no coração, você se sente indo no caminho certo, você sabe que está agradando a Deus, você anda sem duvidas... Além de ter uma vida equilibrada, cheia de significados.

A cada dia queremos aprender mais e mais sobre a nossa religião, e também queremos que as outras pessoas se sintam como nós, pois sabemos que esse é o caminho certo. Queremos que você diga também um dia "Eu tenho orgulho de ser muçulmano (a)"!


Perguntinhas básicas sobre o islam


Oii Gente! Salam Aleikum


Como vocês sabem o islam não é divulgado muito aqui no Brasil, então muitas pessoas acabam ficando com muita duvida sobre a religião, ou obtém várias informações erradas.
Daí quando algumas pessoas sabem que sou muçulmana vêm me fazer algumas perguntinhas básicas sobre o islam e os muçulmanos. Essas perguntas podem parecer bem simples, mas ela está na cabeça de muitas pessoas.
Então vou responder algumas mais comuns aqui.

Qual a diferença de islamico para muçulmano?
- Os dois estão relacionados com o islam, mas usamos a palavra 'muçulmano' para denominar aquele que se submete a vontade de Deus, ou seja, aquele que segue o islam (significado da palavra islam -submissão e rendição dos desejos a Deus), já 'islamico' usamos para denominar objetos, como por exemplo: vestimentas islamicas, livros islamicos, etc.

Mohamed é para os muçulmanos o mesmo que Jesus é para os cristãos?
- Não, no islam, assim como Jesus (que a paz esteja com ele), o profeta Mohamed (que a paz esteja com ele) é um mensageiro e profeta de Deus. Nossa adoração é unica e exclusivamente para Deus, Mohamed não é considerado filho ou parceiro de Deus, não recebendo assim a nossa adoração.

Os muçulmanos odeiam Jesus?
- Não, tal afirmação não poderia ser mais falsa, já que no islam acreditamos e amamos todos os profetas enviados por Deus, assim como
Abraão, Noé, Moisés, Mohammad e Jesus . Porém Jesus não é filho de Deus, ou parte de Deus ou Deus encarnado. Amamos Jesus como profeta de Deus.

A mulher no islam é submissa?
-
Não, para você ter uma idéia o islam é a religião que trouxe o direito ás mulheres, que antes ela não tinha! O islam garante de forma bem clara que a mulher tem o direito à individualidade e independência econômica, direito à educação e à instrução, direito à liberdade de expressão, direito à participação política e social, direito à herança, direito ao divórcio, direito à sexualidade, direito de vestir-se conforme os preceitos religiosos, direito ao direito. Pergunte a qualquer mulher muçulmana se ela se sente submissa, você verá a resposta...

Os muçulmanos têm outra lingua para se comunicar?
- Não, os muçulmanos podem se comunicar no idioma que quiserem, não temos um idioma próprio. O árabe não é um idioma obrigatório aos muçulmanos, só é obrigatório saber aquilo que faz parte da oração. Se ele sabe falar árabe, (Mashallah!!) isso é uma maravilha, ele poderá ler o alcorão (que o verdadeiro é em árabe), mas se não souber, não tem problema.

Todo muçulmano é árabe e todo árabe é muçulmano?
- Não. Você não precisa ser árabe para ser muçulmano, na verdade 80% dos muçulmanos não são árabes. O islam não tem um povo escolhido, mas é para toda humanidade. E nem todo árabe é muçulmano, existem árabes cristãos, judeus, ateus, etc.


Pois é gente, se você tem mais alguma duvida como estas, e eu puder responder, pode me mandar que responderei com maior prazer! ^^

Video - A mulher no islam


Oiii gente! Salam Aleikum!


Hoje vou fazer novamente uma postagem de vídeo no blog.

Esse video fala da mulher no islam, eu vi ele pela primeira vez muito tempo atrás , e eu gostei muito, então vou compartilhar ele aqui com vocês!

Espero que gostem!



Hijab! -Véu muçulmano

Oii gente! Salam Aleikum

Hoje vou falar um pouquinho do hijab, que para quem não sabe, é o véu muçulmano.
Mas na verdade, o hijab vai muito além de apenas um véu, ele vem cheio de significados .


Primeiro - SIM o hijab é OBRIGATÓRIO, não é uma vestimenta exclusiva para as árabes!


A prova disso está no Sagrado Quran que diz ( Alcorão) . "Diz (ó Muhammad) aos crentes (homens) que baixem os seus olhares e conservem os seus sexos; isto é mais puro para eles. Deus está informado de tudo aquilo que fazem. E diz (ó Muhammad) às crentes (mulheres) que baixem os seus olhares e conservem os seus sexos; e não mostrem os seus adornos além daquilo que aparece necessariamente. E que baixem seu véu sobre os seios e não exibam seus adornos senão aos maridos, seus pais (incluindo os avós paternos e maternos), seus sogros, seus filhos (incluindo os netos), seus enteados, seus irmãos (incluindo meio-irmãos), aos filhos de seus irmãos, ou aos filhos de suas irmãs, às mulheres (muçulmanas e outras de boa conduta), aos seus escravos, seus criados isentos de desejo sexual (eunucos), ou às crianças que não descobriram
nudez da mulher. Que não agitem seus pés, para que não chamem a atenção sobre seus atrativos ocultos. Ó crentes! Voltai-vos todos arrependidos a Allah, a fim de que vos salveis." (Al-Qur'án 24: 30-31)




















E o hijab não é apenas um véu sob o cabelo, mas uma vestimenta completa, cobrindo todo o corpo, deixando amostra apenas as mãos e o rosto, e a roupa não pode marcar o corpo.
A verdadeira intenção do hijab é a MODÉSTIA.

A mulher muçulmana quando usa o hijab, sabe que é LIVRE. Muitas pessoas que não são muçulmanas e moram nesse mundo ocidental não sabe o real significado de liberdade.





















Para eles a mulher supostamente “livre” é aquela que usa seu corpo de uma forma para atrair o homem, vender seu corpo á revista, internet em imagens provocantes.
Quando a mulher muçulmana veste o hijab ela possui dignidade, honra,pureza e não é um mero objeto sexual.

Nasheed!!

Gente, pra quem não sabe, Nasheeds são cantos islâmicos, de adoração a Deus, e amor aos profetas, na maioria das vezes não tem instrumento musicais. O Nasheed é um tipo de musica que não é proibida.

Um cantor de Nasheed que gosto muito é Zain Bhikha.

Então hoje vou postar alguns Nasheed de Zain Bhikha que gosto


Esse aqui é o Ringtone do meu celular! Eu escutava esse nasheed até antes da minha reversão, ela sempre me tocou...






Aii Árabe! Que complicado! :S

Antes de eu ter me revertido fiz aula de árabe ( acho que já estava na minha cabeça que um dia eu iria me converter), comprei livro de árabe e tudo mais, mas depois não pude dar continuidade ao meu aprendizado, infelizmente.. =(


Mas agora que sou muçulmana, tenho que fazer as orações em árabe, e eu sei que não pronuncio as palavras do jeito certo, Nooossa, tenho muita dificuldade de pronunciar o "R" como em Ar-rahmanir - Rahim, ou palavras quem tenham o غ ou ع , pra mim árabe é realmente dificil!

Eu tenho a ajuda de uns amigos árabes, eu os conheço só pela internet, mas eles me ajudam bastante. Masss devo dizer que quando tento falar alguma palavra em árabe que eles me ensinam, eles morrem de rir porque falei tudo errado! usahuahshu

Mas Inshallah vou aprender falar árabe, vou me esforçar bastante, primeiro por causa das orações e para eu poder ler o Quran, segundo é porque pretendo morar em um país árabe algum dia Inshallah!!

Salam Aleikum!
;*

Mais um ano se passou



Mais um ano chegou ao fim, 2010 já acabou e 2011 está vindo com tudo!
Se eu fosse fazer um balanço do ultimo ano que se passou, certamente poderia dizer que ele foi extremamente proveitoso!
Nossa, como eu cresci em um ano!! Tantas coisas mudaram... mas graças a Deus para melhor.

2010 realmente foi um ano muito especial para mim, tive mudanças exteriores e interiores.


O ano começou, voltei a estudar sobre o islam, conheci pessoas novas, me mudei para uma casa nova, conheci mais pessoas, visitei o centro islamico da minha cidade, fiz curso de árabe, conheci uma pessoa muito especial, estudei um pouco mais a fundo o cristianismo (até então minha religião), estudei mais ainda sobre o islam, mudei hábitos, fui á Europa sozinha, mudei crença e finalmente fiz a SHAHADA (testemunho), que foi o meu auge. Nosssaa eu poderia resumir grande parte da importância desse ano na minha conversão ao ISLAM.

Tudo bem, minha familia não aceita a minha conversão, eles nem conhecem verdadeiramente essa religião que está rodeada de preconceitos por todos os lados, só sabem o que vêm na T.V. . Eles querem que eu seja "normal". Enfim vou deixar esse assunto para outro post...

Maaas minhas esperanças para 2011 são as melhores possíveis! Acredito que, inshallah, vou resolver a situação com a minha familia, vou poder estudar mais sobre o islam, vou praticar a minha religião, vou fazer dawa e vou me edificar cada vez mais...
haha Não consigo falar de outra coisa a não ser da minha religião, é que ela me completa tanto, me traz tanta felicidade e paz, que quando vou escrever, só isso vem a minha mente. E realmente meu maior desejo para 2011 é o meu crescimento dentro do islam.
Outras coisas que poderiam acontecer também que me deixariam muito feliz seria um óótimo ano de estudo, que eu passasse no vestibular e me mudasse para São Paulo ou Campinas, e inshallah, se isso for o melhor para mim, vai acontecer. Só não posso perder as esperanças, Nuncaa!!!

Bem, poderia escrever mais, mas já são 05:33 am, não dormi essa noite uashuash!! As palavras não fluem com tanta facilidade, mas desejo pra todo mundo um ano maravilhoso, e que consigam realizar seus planos e sonhos!

Tudo de bom e felicidade em 2011!

Salam Aleikum =D





Tecnologia do Blogger.
Blog contents © Ideias de uma Aisha 2010. Blogger Theme by NymFont.