Perguntas mais que frequentes!

Salam Aleikum!

Caramba, tanto tempo que não escrevo nada aqui!
Eu ando estudando para o vestibular, passando o dia no colégio, sem contar os finais de semana, e tudo isso acaba me deixando meio que sem ânimo para postar algo ..
Ai, eu estou tão nervosa! Como esse negócio de vestibular meche com os nervos da gente! Rezem por mim, o ENEM é daqui a 10 dias! (contagem regressiva) ;)

Bem, agora vamos ao post em si.

Tem algumas coisas que eu quero deixar claro, talvez eu já tenho falado alguma dessas informações antes, mas essas são perguntas frequentes e tem muita gente que confunde!

  1. Gente, eu não sou árabe, minha família também não, sou brasileira mesmo! Sério, da pra ser muçulmano sem ser árabe! Em muitos países há muçulmanos que não são árabes, inclusive no Brasil. Se você ainda se confunde vou explicar: o islam é uma religião, e quem segue o islamismo é muçulmano.
    Por exemplo, se você é cristão, você pode ser cristão em qualquer parte do mundo, e qualquer pessoa, independente de onde ela vive, pode se converter ao cristianismo. A mesma coisa acontece com o islamismo ;) .
    Agora, árabes são as pessoas que nasceram na península arábica, a maioria é muçulmana, mas as pessoas podem ter outra religião. Que nem nós latinos, a maioria de nós é cristão, mas pode haver latinos protestantes, budistas, espíritas, muçulmanos...

  2. Eu não sei dançar a dança do ventre e no momento não pretendo aprender. Se um dia eu quiser dançar não vai ser por que sou muçulmana, mas só porque eu estava com vontade de dançar mesmo. Dança do ventre não tem nem relação com a religião! Ah, e tenha certeza absoluta de que nunca dançarei "the belly dance"em público.

  3. Infelizmente não sei falar árabe, gostaria muito de aprender, se Deus quiser um dia aprendo. Mas eu não tenho a obrigação de falar só porque sou muçulmana. Tem gente que pensa que é algo instantâneo, se converteu e já sai falando árabe. Não é bem assim. É verdade que o alcorão é em árabe, mas os muçulmanos não têm a obrigação de aprender esse idioma.

  4. Não sei cozinhar comida árabe, não como comida árabe e nem posso te dizer se gosto ou não de comida árabe simplesmente porque não conheço muita coisa além do quibe e da esfirra!

  5. Meu marido não vai ter 4 esposas, nem 3 ou 2, mas só uma mesmo! Não é uma obrigação no islam o homem ter mais do que uma esposa, e hoje em dia não é tãão fácil assim você encontrar poligamia. Não precisam se preocupar, meu marido ao longo do casamento não vai me aparecer com outra esposa não! Antes de nos casarmos eu deixo bem claro que não aceito outra esposa, e mesmo assim se ele o fizer eu posso me divorciar, fiquem tranquilos!

  6. Sim, existem homens brasileiros que são muçulmanos. Tem gente que me diz que seria impossível eu encontrar uma bom marido que seja religioso e brasileiro e o jeito é procurar um estrangeiro. Se eu quiser me casar com um brasileiro não vai ser missão impossível não. No Brasil há mesquitas e vários muçulmanos que seguem a religião ou pelo menos se esforçam para tal e que querem se casar. Então não se preocupem, não vou ficar pra titia!

  7. E se eu me apaixonasse por um rapaz que não fosse muçulmano? Duas opções : Ou ele se convertia ou eu tinha que esquecê-lo. Simples assim. Para muitos pode parecer triste ou radical, que ninguém manda no coração e et cetera mas cada um tem sua prioridade, e a minha é a minha religião, além de que, como eu ia ter um casamento harmonioso e duradouro se eu e me marido tivéssemos crenças diferente? E os nossos filhos, como ficariam?

  8. Não, eu não vou usar burca. E por sinal a burca não é um vestimenta islâmica, ela envolve assuntos políticos e é usada em países como o Afeganistão. Mas agora se você me perguntar se eu eu vou usar o niqab, aí sim, quem sabe um dia... (Não sabe o que é niqab? Clica aqui)

Por enquanto essas são as questões que consegui me lembrar, realmente sempre me perguntam isso! Se aparecerem mais perguntas, vou postando! =D


+ um Selinho!

Salam Aleikum! Oii gente!!
Hoje recebi um selinho das irmãs Gisele e Habibah!
Obrigada!! s2


Então pra receber o selinho temos 4 regras. Elas são:
1Exibir a imagem do selinho no seu blog.
2. Postar o link do blog que te indicou.
3. Indicar 10 blogs para receberem
4. Avisar aos escolhidos.

  1. Reflexões Boderline
  2. Uma mãe das arábias
  3. Egito e Brasil
  4. Muslimah com orgulho
  5. A vida no Islam
  6. Farhana
  7. Islam ensina amor e paz
  8. Meu amor paquistanês
Bem, eu sei que era para ser 10 blogs, mas a muitos blogs que eu gosto e sigo já foram indicados...

Programa da Hebe

Oi gente! Salam Aleikum!


Hoje eu estava assistindo Tv com minha mãe e encontramos o Programa da Hebe.
Lá estava passando um quadro no qual um padre, um líder de umbanda e um sheik estavam falando um pouco sobre suas religiões.

Eu gosto de conhecer outras religiões, sempre gostei. Além de adquirirmos cultura também aprendemos a respeitar as diferenças e crenças do outro, já que definitivamente preconceito não dá, né?

Então vou postar o Link , assim vocês podem conferir! =D





Videos - Ramadan

Salam Aleikum!

Como está sendo o Ramadan de vocês?

Sei que não ando escrevendo muito, mas para quem não sabe, vou prestar vestibular pela primeira vez esse ano e faço questão de entrar numa faculdade pública, de preferencia uma Federal, que é o que eu sempre quis!
Falta quase dois meses para o ENEM mas ainda nem sei o que quero! Ainda bem que podemos escolher só depois!
Claro que eu tenho ideias do que eu gostaria de fazer, mas é algo que sempre muda!
Por enquanto estou querendo biotecnologia, Inshallah passo de primeira! Rezem por mim! =)) [Temos que ser confiantes, né? ;)]

Bem, voltando o assunto, sei que já estamos na metade do Ramadan, mas mesma atrasada quero postar uns videos que podem ser inspiradores!







O jejum!

Salam Aleikum!


Hmm férias acabando.. :'( Mas em compensação o Ramadan está logo aí, próxima semana, segunda-feira!!!
Eu estou super ansiosa para o Ramadan! Esse será o primeiro Ramadan da minha vida! Mashallah!! =D Se eu estou feliz? Suuper! rsrsrs

Como todos sabem (bem, nem todo mundo!) fazemos o jejum durante todo o Ramadan!

Tem muita gente que não entende a razão do jejum ou não vê benefícios algum nele! Como não?! :)

Eu encontrei um artigo sobre o jejum no mês do Ramadan e vou compartilhar aqui com vocês!


Benefícios do Jejum


1º- O Jejum fortalece o domínio da razão sobre os impulsos cegos dos sentimentos, pois o homem não é guiado apenas pelos seus instintos, mas também por considerações que previnem os seus instintos animais da destruição, orientando-o para uma vida social harmoniosa, decente e refinada.

Quem fizer o jejum correctamente poderá com certeza disciplinar os seus desejos apaixonados e colocar o seu ser acima das tentações físicas. Pois, caso o homem, ao invés de controlar esses desejos, fosse controlado por eles, estaria igualando os animais. Assim, através do jejum, o Islão procura dominar e disciplinar os desejos do homem.


2º- O jejum ensina ao homem a disciplina, a paciência e o autocontrole. Imaginem termos o frigorífico cheia de alimentos e bebidas e estarmos sentindo fome ou sede decorrentes do jejum e não abrirmos o frigorífico para nos satisfazer a fome ou sede por estarmos seguindo as ordens de Deus, resistindo a isso com paciência. Disse o Profeta Muhammad (que a Paz e a Benção de Deus estejam sobre ele):

"É um mês de paciência, e a paciência leva para o paraíso. É o mês da equidade e abundância para o crente. Aquele que jejua alcança o perdão para os seus pecados."


3º- O jejum integra a comunidade no exercício religioso, criando a sua unidade. Pois todos os muçulmanos, em momentos iguais, ficam de jejum e em momentos exactos quebram o jejum, criando a efectiva igualdade entre todos, governantes e governados, ricos e pobres, pois todos sentem as mesmas sensações, quer quando estão jejuando, ou seja, a fome e a sede, quer quando quebram o jejum.


4º- O Jejum facilita ao homem o domínio da arte de se adaptar. Pois ao jejuarmos no mês do Ramadan, podemos perceber a mudança da rotina da nossa vida diária, como, por exemplo, ao invés de fazermos 3 refeições diárias fazemos apenas duas. Tendo os seus horários também modificados, as horas de sono do tempo normal de descanso são encurtadas, já que acordamos mais cedo para fazermos o Suhur, etc.

Devido a esta mudança, o homem adapta-se naturalmente a um novo sistema e reage a fim de corresponder às novas condições. Assim sendo, com o tempo nós acabamos desenvolvendo uma força espontânea de adaptação e de superação das dificuldades imprevistas da vida.


5º- O jejum faz com que se crie no homem um sentimento humanitário e de solidariedade, pois ao passar por certas privações, mesmo que temporárias, sentindo os seus efeitos, tais como fome e sede, o homem conhecerá realmente o significado da fome que assola os seus semelhantes e se lembrará dos seus irmãos que talvez passem por isso durante dias, semanas ou até meses. Esta experiência faz com que nos apressemos mais do que qualquer outra pessoa em procurar satisfazer as necessidades deles.



Os benefícios do Jejum para a nossa saúde


Disse o Profeta Muhammad (que a Paz e a Benção de Deus estejam sobre ele): "Jejuem e se curem."

O Jejum no Islam não segue o padrão de total abstinência, mas pode ser considerado como um jejum controlado. Os nutricionistas são a favor do jejum controlado de modo a se obter uma melhor saúde. Esse tipo de recomendação está de acordo com o jejum no Islão. A total abstinência de comida e de líquido é desencorajada, uma vez que poderá levar a efeitos colaterais danosos, ou à inanição, se prolongada.

O Jejum é uma dieta alimentar, elimina os resíduos e o excesso de humidade dos intestinos, reduz o índice de açúcar no sangue, revitaliza a circulação, reduz o colesterol, organiza e regula a pressão arterial, dá descanso ao coração, além de ajudar na cura dos males da pele, uma vez que diminui o índice de água no corpo e no sangue, de entre vários outros benefícios.



Os hadices do Profeta Muhammad (que a Paz e Bençãos de Deus estejam com ele) sobre o Jejum


"Quando chega o mês do Ramadan, abrem-se as portas do paraíso e se fecham as do inferno, e os demónios permanecem acorrentados."


"A uma pessoa que jejuar durante o mês do Ramadan, com fé e esperança de alcançar o beneplácito de Deus, ser-lhe-ão perdoadas as faltas."


"Há uma porta no paraíso chamada Al Raiyan, através da qual, no Dia do Juízo, somente entrarão as pessoas que tiverem jejuado, e nenhuma outra. Será dito: Onde estão as pessoas que jejuaram? Estas entrarão por ali, sendo que ninguém mais o fará, salvo elas. Uma vez que tiverem entrado, a porta se fechará e, posteriormente, ninguém mais poderá entrar."


"Deus o Majestoso e o Exaltado, disse: Cada acto do filho de Adão é em seu próprio favor, excepto o jejum. Este é por Minha causa e Eu o recompensarei. Por Deus, em cuja mão está a vida do Profeta, o hálito do que jejua é mais agradável para Deus do que a fragrância do almíscar."


"Um grande mês, um abençoado mês, um mês contendo uma noite que é melhor do que mil meses, chegou a vós, ó gente. O Deus, Todo Poderoso, apontou a observância do jejum durante ele como um dever obrigatório, sendo que passar as suas noites em oração é uma prática voluntária. Se alguém se acercar de Deus Todo Poderoso durante ele, praticando boas acções, será como um que cumpre um dever obrigatório num outro mês; e aquele que cumprir um dever obrigatório nesse mês será como o que cumpre setenta deveres obrigatórios num outro mês. Esse é o mês da paciência e a recompensa para a paciência é o paraíso. É o mês de repartir com os outros e é o mês em que as provisões dos crédulos são aumentadas. Se alguém der, a um que esteja jejuando, algo com que quebrar esse jejum, isso lhe proporcionará o perdão para os seus pecados e o salvará do inferno, e terá uma recompensa igual à sua, sem que a sua recompensa seja de maneira alguma diminuída."


"Diga aos servos de Deus que infeliz é aquele que, tendo em sua presença pai ou mãe idosos, perde a oportunidade de entrar no Paraíso graças aos dois (cuidando deles); e infeliz é quem, presenciando o Ramadan, perde a oportunidade de obter o perdão de seus pecados."


"O jejuador tem dois momentos de alegria: Um ao quebrar o jejum, matando a sede e a fome, e o outro ao encontrar o seu Senhor, que o recompensará pelo seu jejum."


"No seu começo a misericórdia de Deus envolve Seus servos, no seu meio Ele concede-lhes perdão dos pecados, e no seu fim os liberta do inferno."

Por outro lado, orientou-nos a quebrarmos o jejum logo após o pôr-do-sol, sem prorrogá-lo. Quanto a isso ele disse:


"Assim disse Deus Todo Poderoso Senhor da Glória: Dentre os meus servos, prefiro aquele que se apressa em quebrar o jejum."

Quanto a quebrarmos o jejum com água e tâmara, ele disse: "Quando alguém quebra o jejum, deve fazê-lo com uma tâmara. Se não tiver, deverá fazê-lo com água, porque é pura, e purifica todo o organismo."


"Quando algum de vós come ou bebe, por acidente, esquecendo-se do seu jejum, deve continuar o jejum até o fim, porque (comendo ou bebendo por engano) significa que Deus lhe deu de comer e de beber."

Apesar do jejum parecer difícil, ele não é imposto como uma forma de punição, mas sim como um acto de devoção e auto disciplina.

Citaremos alguns ditos do Profeta Muhammad (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele), que dizem respeito a isso:


"O muçulmano que não deixar de dizer mentiras e não abandonar todas as formas de maldade no Ramadan, não lhe adiantará jejuar pois a Deus não interessa que o muçulmano deixe apenas de comer e beber."


"Quando um de vós se levanta de manhã em estado de jejum não deve usar linguagens obscenas nem praticar qualquer acto de ignorância. E se alguém vos caluniar, ou quiser discutir convosco, deveis dizer: Estou jejuando, estou jejuando."


"Muitos jejuadores apenas obtêm a fome e a sede, assim como muitos ao fazerem a prece nada obtêm além do cansaço físico e da vigília."


No alcorão


"Ó fiéis, está-vos prescrito o jejum, tal como foi prescrito a vossos antepassados, para que temais a Deus. Jejuareis determinados dias; porém, quem de vós não cumprir jejum, por achar-se enfermo ou em viagem, jejuará, depois, o mesmo número de dias. Mas quem, só à custa de muito sacrifício, consegue cumpri-lo, vier a quebrá-lo, redimir-se-á, alimentando um necessitado; porém, quem se empenhar em fazer além do que for obrigatório, será melhor. Mas, se jejuardes, será preferível para vós, se quereis sabê-lo.

O mês de Ramadan foi o mês em que foi revelado o Alcorão, orientação para a humanidade e vidência de orientação e Discernimento. Por conseguinte, quem de vós presenciar o novilúnio deste mês deverá jejuar; porém, quem se achar enfermo ou em viagem jejuará, depois, o mesmo número de dias. Deus vos deseja a comodidade e não a dificuldade, mas cumpri o número (de dias), e glorificai a Deus por ter-vos orientado, a fim de que (Lhe) agradeçais”. (Alcorão Sagrado 2:183-185).



Alguns benefícios do Jejum para nossa vida espiritual

Podemos ver que o jejum é uma extraordinária escola que nos ensina os mais altos graus de moralidade, cria o amor e a misericórdia nos corações e acostuma-nos com a prática da caridade.

O jejuador procura dizer coisas construtivas para os outros e nunca procura causar distúrbios entre as pessoas, procura dizer sempre a verdade e ser leal, não mentir nem difamar os outros, procura cumprir as suas promessas e nunca agir hipocritamente.

Portanto, ao jejuarmos um mês todo os anos e ao colocarmos em prática tais acções, veremos que isso é viável e procuraremos agir dessa forma o ano inteiro.

Logo, temos no jejum um verdadeiro exercício da fé. O acto de ficarmos com fome e com sede não é, em si, adoração, mas um meio para realizarmos a verdadeira adoração.

A verdadeira adoração significa desistirmos de violar as Leis de Deus, por temor e amor a Ele, buscando realizar actividades que O agradem e refreando-nos quanto às que não O agradam, caso contrário, estaremos apenas causando uma inconveniência desnecessária ao nosso estômago e nada lucraremos com isso.

Além de ser uma revisão e um balanço das nossas vidas, devemos perguntar-nos sempre se estamos agindo de acordo com o que agrada a Deus ou não.


Coisas que acontecem no Colégio [2]

Oii, Salam Aleikum!


rsrs Acabei de lembrar de outra coisa que aconteceu lá no colégio.

Eu tenho um professor que é meio maluquinho, ele é uma comédia! Porém ele é daqueles professores que são muito carinhosos com as alunas...

Sempre que possível, gosto de sentar nas primeiras filas da sala de aula, então toda aula esse professor vinha falar comigo, toda aula mesmo.

Ele sempre pegava na minha mão, na minha cabeça, me chamava de nomes carinhosos... Só sei que teve um dia que eu pedi para beber água, então ele ficou parado olhando para mim e me deu um beijo na minha testa de uma meia hora!! Eu nunca ia imaginar que ele ia me beijar, e eu fiquei lá sem saber o que fazer, eu estava detestando a situação, sendo que eu não queria ser indelicada e fiquei lá parada. Teve um monte de gente que ficou olhando, porque todo mundo lá na sala sabe que eu não tenho muito contato com meninos, nada de abraços, beijos, nada dessas coisas! Eu sempre evito esses contatos físicos.

Bem, eu tinha achado essa situação horrível, então decidi que na próxima aula ia falar com ele para ele evitar de ficar fazendo certos "carinhos" em mim.

Eu tinha planejado tudo que eu ia falar, afinal eu não queria ser indelicada! rsrs

Eu ia falar com ele no final da aula, só que como eu estava sentada na primeira fileira ele veio falar comigo. Ele já estava vindo com as mãos dele para vim pegar em mim, daí eu recuei um pouco e disse baixinho :"Não professor.." só que como estavam todos olhando para minha direção, um monte de gente ouviu e começaram a rir!

Teve uns meninos que disseram assim :"Professor, não pode pegar nela não!"

O Professor ficou lá com a maior cara de espanto do mundo, saiu de perto de mim e perguntou se eu tinha alguma doença! rsrsrs

Uns engraçadinhos da sala disseram que era porque ele era um "dalit", ou seja, um intocável, e eu não podia encostar em pessoas impuras. E por mais incrível que pareça, eles realmente achavam que essa era a razão!

Eu expliquei para esses garotos a razão de eu não ter tantos contatos físicos com meninos, também expliquei ao professor, que depois se desculpou e entendeu tudo.

Alguns outros alunos também vinheram falar comigo depois, me perguntando a razão.
No islam não é permitido amizade entre homens e mulheres pois isso não é saudável pois isso nos leva a cometer haram.

Como esse professor é de história, teve uma aula que o assunto are o Islamismo. Ele foi super legal comigo e disse que se ele falasse qualquer informação errada eu poderia corrigi-lo.
A aula foi bem tranquila e teve alguns alunos que durante a aula dele vinheram me fazer algumas perguntas de como era ser uma muçulmana e essas coisas.

Também o professor veio conversar comigo depois da aula, me fez algumas perguntas e tudo mais.

Só sei que agora toda vez que um professor vem para ficar pegando em mim eu explico que eu não gosto, que não é certo... Também a qualquer outro menino que queira fazer o mesmo.
A principio eles podem até estranhar, mas depois eles te respeitam, e sem nada de constrangimentos!

Coisas que acontecem no Colégio

Salam Aleikum!


No ambiente escolar passamos por diversas situações das quais muitas são um tanto quanto constrangedoras e eu confesso que eu sou uma dessas alunas que já passou por cada situação...

Olha, eu sou muito calma, na minha, mas eu me seguro pra ficar calada! Quando eu vejo alguem falando algo errado eu me esforço pra não me intrometer. Mas tudo tem um limite, não é verdade?

Outro dia desses meu professor estava falando barbaridades sobre o Islam para a sala de aula, aí eu não me segurei! Tinha que falar.

Caso vocês tenham lido esse post, não estou falando sobre esse professor, mas sobre outro, ok?

Eu estava na aula de geografia, tranquila, o professor estava falando sobre países árabes e então sobre o islamismo. Tudo estava indo bem até ele começar a dizer que no ISLAM quando nascia uma filha mulher era uma tristeza enorme mas quando nascia um menino fazia-se uma festa.
Que segundo o ISLAM a mulher não tinha valor algum e não participava da sociedade. Que ela era tratada como bicho que nem na época medieval. E também que segundo o ISLAM essas mulheres eram submetidas á mutilações genitais pois estas não tinham direito nenhum a sentir o prazer sexual.

COMO ASSIM??

Claro que eu tinha que falar algo, afinal ele só falou total barbaridades!
Levantei a minha mão e disse: Professor, mas essas práticas que o senhor disse não estão relacionadas com o islam. Aliás, o islam é contra tais praticas, mas em certas regiões faz parte da cultura do povo fazer esses atos, mas que não está relacionado com o islam.

Eu acho que ele se revoltou depois que eu disse isso, só pode!
Ele disse que eu estava errada, que o islam também é uma cultura e portanto tais práticas fazem partem do islam!

Hmmm será que ele não sabe que a cultura de um local muitas vezes é maior do que a religião? O Brasil é um grande exemplo disso, não?

Mas quando eu abri a boca pra falar, quem disse que ele deixou?

Ele até me desafiou perguntando se eu queria discutir sobre isso com ele depois.

Ficou uma cena um tanto quanto ridícula, pois quando eu começava a falar e ele me interrompia. Quando um outro aluno também foi argumentar o professor também não gostou nada nada.

Até que o professor disse algo que eu nunca vou esquecer: Quem são vocês? Eu fiz tal faculdade, estudei não sei quantas coisas. E vocês? Essas pessoas que não sabem de nada e vêm querer discutir comigo. Vão primeiro fazer uma faculdade e depois venham falar comigo.

-- Não preciso nem comentar, né?


Os outros alunos ficaram olhando com um olhar de deboche, querendo rir...

Só me espanta que esse professor que sempre se mostrou tão humilde, que andava de ônibus, não usava roupas de marcas, apesar do ótimo salario... Nunca vi uma pessoa humilde dizendo para todo mundo que é humilde. Será que isso já não chega a ser vaidade? Só sei que meu conceito a respeito dele baixou muito.

E depois, pra completar toda a história espalhou-se uma fofoca pelo colégio!
Um menino de outra turma veio me perguntar como foi a briga que ocorreu na minha sala. Briga? Que briga? Disse que não sabia de nada disso e pedi para ele me contar.
Quando vejo eu sou a protagonista da tal briga que eu mesma desconhecia!
Expliquei que não houve briga alguma, que falei normal com o professor, do jeito que falo com todo mundo e em nenhum momento me alterei.
Mas ele disse que oque estavam espalhando é que ocorreu uma BRIGA! :O

Num sei não.. acho que vou é rir pra não chorar!


Videos de Baba Ali

Olá, Salam Aleikum!


Vocês conhecem Baba Ali?

Ele é um americano revertido que faz videos sobre o islam de uma maneira bem engraçada.
Infelizmente temos pouquíssimos videos, sites, artigos ou livro sobre o Islam em português =(

De qualquer forma vou postar alguns videos dele aqui, espero que gostem! :)





Férias!

Oi Gente, Salam Aleikum!


Ai, sei que estou em falta com vocês, me desculpem!

Sei que é férias, eu deveria ter mais tempo para postar, ou talvez se eu não estivesse postanto seria por que estaria viajando ou coisa do tipo, mas que nada! É estudo mesmo! kkk

Acho que estou estudando mais nas férias do que no período escolar! E também, além dessa falta de tempo também ando meio sem inspiração para escrever no blog ( aceito sugestões rsrs)!

Sabe, antes eu estava com várias ideias de posts, mas o tempo foi passando e eu fui esquecendo =(
Eu só sei que eu estou me preparando pro ramadan, e estou suuuper animada!

Espero que eu ainda escreva mais pots esse mês Inshallah, adoro escrever aqui!


Fiquem com Deus!

Maravilhas do Alcorão

Olá, Salam Aleikum!

Hoje vou falar mais um pouquinho sobre o alcorão, que como vocês sabem é o livro sagrado dos muçulmanos, enviado por Deus através do Anjo Gabriel e revelado ao profeta Mohamed (Que a paz esteja com ele).


Eu estava lendo uns artigos sobre o Islam e conheci um estudo do Dr Tariq Al-Swaidan que após investigar profundamente o alcorão sagrado percebeu que algumas palavras que são equiparadas umas as outras estão repetidas de maneira coincidente.

Então vamos lá a algumas dessas palavras:


  1. A palavra homem foi mencionada 24 vezes no alcorão, da mesma forma que a palavra mulher também apareceu 24 vezes.
  2. Dunya ( que significa "esse mundo") 115 vezes e a palavra Akhira ( outra vida) também 115 vezes.
  3. Vida: 145 ------> Morte : 145
  4. Anjo : 88------> Satanás : 88
  5. Bondade :50------> Corrupção:50
  6. Pessoas:50------> Mensageiros: 50
  7. Eblees (rei dos demonios): 11------> Pedido de refugio contra o Eblees :11
  8. Calamidade: 75 ------>Agradecimento (a Deus): 75
  9. Caridade: 73 ------>Satisfação: 73
  10. Muçulmano: 41 ------>Jihad:41
  11. Ouro:8------> Vida Fácil :8
  12. Magia: 60------> Ilusão: 60
  13. Caridade:32------> Benção: 32
  14. Mente:49------> Luz:49
  15. Lingua:25------> Sermão:25
  16. Renuncia:8------> Medo:8
  17. Falar publicamente: 18------> Publicar:18
  18. Dificuldade:114 ------>Paciência: 114
  19. Muhamed :4------> Ensinamentos de Mohamed: 4


Agora veja quantas vezes a palavra Terra e Água aparecem no Alcorão:
Terra:13 Mar: 32

Repare, que se somarmos o total de palavras "mar" e "terra" temos 45. Agora, se fizermos um cálculo simples:
32/45 X 100% = 71.11111111%
13/45 X 100% = 28.88888888%
Apenas recentemente, com a ciência moderna, foi descoberto que a água ocupa 71% do Globo terrestre e que a terra ocupa 28% aproximadamente.
Porém, a 1400 anos atrás essa informação já tinha sido revelada ao Profeta Mohamed ( Que a paz esteja com ele), o que prova mais um milagre do alcorão.
Os milagres do Alcorão nunca vão acabar. Nunca haverá um momento em que a humanidade pode ter conhecimento pleno sobre o que está neste livro sagrado. É um milagre a toda a humanidade, a palavra de Deus. Não há um valor que pode definir as palavras do Criador. É um tesouro que orienta aqueles que querem ter sucesso nesta vida e na outra.


Novo layout

Oi Gente, Salam Aleikum!

Como vocês podem perceber dei uma mudada no blog.

Eu quis algo que fosse mais a minha cara! rsrs
E aí, o que vocês acharam?

+ Selinhos! :)


Salam Aleikum!

Gente, hoje recebi mais dois selinhos, que máximo, heim?
Adoro esse carinho entre as blogueiras, acaba sendo mais um estimulo para nós continuarmos aqui!
Nesse caso recebi dois selinhos em dose quádrupla!! =D
Eu recebi os selinhos de : Fahana, Filha da Alvorada, Caminhando na Luz do islam e Meu amor paquistanes. Obrigada, meninas!

Agora vamos às regras :

1º Exibir a imagem do prêmio;
2º Poste o link do blog que te premiou;
3º Publique as regras;
4º Indique 10 blogs para receberem;
5º Avise os indicados.




Os blogs indicados são:

First We Need The Love (Nasheed)

Salam Aleikum!



Nesse post eu queria compartilhar com vocês outro nasheed the Zain Bhikha.



Esse nasheed passa uma mensagem de amor e que com coisas simples já podemos ir mudando o mundo.

Eu particulamente gosto desse nasheed e como alguns vinheram me perguntar, nele não há instrumentos musicais, essa batida ao fundo é Beat Box, que é a arte de reproduzir sons pela boca.

Aqui está a letra e o video está traduzido:


First We Need The Love

As we sail, across the sea of life
So much pain, warring divides
It’s a shame; we don’t see how it can be


CHORUS

Oh we need to smile at each other
Reach for your brother
Help one another, all/what we need is love
Oh we need to honour our mothers
Shelter our sisters
Alter existence, God’s help will come from up above
But, First we need the love


All the games people playing now
Fuel the flames, hatred devours
Lets spark a change, that’s within all of us



CHORUS (x2)


RAP

i am in the birds
i am in the trees
from the brown branches
to the the green leaves
im colorful
spectrum infinite
i touch all
indiscriminate
breed compassion and sentiment
limitless in my power to heal
the hearts of men
but they are so forgetful
that's why i remind on an instrumental
this life is a trial
can never the let the test effect your smile
reach for your brother go the extra mile
kiss for ya mother hug your sister let your wife know that you miss her
know that you can never give up
when you fall to the floor im the reason you must get up
love
im a blessing from God
So why you dont use me more is so odd
you need love!
we need love!





Espero que vocês gostem e reflitam =D


Uma coisa que me tira do sério

Salam Aleikum!

Vou dizer uma coisa que me tira do sério : Quando uma pessoa prefere acreditar na mídia mais do que tudo na vida e ela tem a verdade imutável.


Não importa o tanto que a gente fale, o tanto que a gente explique mas a mídia sempre está certa, afinal, segundo eles, ela não tem motivo algum para manipular a verdade! =S

Não só com relação ao Islam, mas outras coisas também!

Eu queria muito ter uma chavezinha para abrir a cabeça da pessoa só pra tentar desalienizar um pouco!

Ainda bem que sou uma pessoa calma, por que senão... Ahhhh!

O islam não me priva mas me acrescenta.

Salam Aleikum!



Depois que me reverti teve muita gente que veio que me criticar. Não que essas críticas me abalem, muito pelo contrário, elas não fazem nenhuma diferença para mim, é algo indiferente. Uma coisa que eu tenho é opinião própria e não vão ser comentários de pessoas alheias que nada contribuem na minha vida que vão mudar minha opinião.

Eu quero deixar bem claro que a minha reversão pro Islam não me priva de coisas que eu realmente gostaria de fazer.
Tem gente que não entende por que uma adolescente brasileira que gosta de falar muito e sempre foi muito divertida resolveu mudar para uma religião que a priva de muitas coisas, dessa forma, não podendo aproveitar essa fase da vida.

Agora me diga o que mais eu tenho que aproveitar??

É, você tem razão, eu não vou para festas e nem para bares. Isso me deixa triste? Não mesmo!!

Eu nunca gostei desse tipo de lugar, eu já tive que frequentá-los várias vezes, devido ao trabalho do ex-marido da minha mãe que trabalhava nesses tipos de lugares.
Eu me lembro que quando eu tinha 13 anos pedi para minha mãe me levar para uma boate de verdade, que eu queria conhecer. Eu fui com ela, o marido dela e uma amiga. Depois de 15 minutos passei mal e tive que voltar pra casa! rsrs
Realmente não gosto desse tipo de lugar que só tem gente bebendo, fumando, paquerando. Ahhh Isso me deixa maluca!! Além do que, me diga o que esses lugares têm a me acrescentar? NADA!

Ah, mas você não pode ter amizade com meninos do mesmo jeito que você tem com as meninas, isso é muito chato. Olha, eu sempre falei com muitos meninos, eles não eram amigos como as meninas, mas eu sempre falava muito com eles, principalmente na escola, já que eu tinha mais facilidade pra conversar com meninos do que meninas. Mas quer saber o que acontecia na maioria das vezes?? Os meninos não sabiam a diferença entre amizade ou outra coisa. Depois de um tempo eles começavam a gostar de mim e confundiam tudo, o que acabava fazendo com que eu me afastasse deles. Era muito chato quando na escola mais de um menino gostava de mim ao mesmo tempo! Eu ficava naquela situação complicada por que eu nunca gostei de nenhum desses garotos e não queria nada com eles além de amizade.
Descobri que se eu me afastasse deles eu ia evitar esse tipo de situação, o que era muito melhor tanto para mim como para eles também.

Mas você gostava tanto de musica, teve que parar de uma hora para outra ... é, eu gostava de musica, mas leve em consideração que as musicas que eu escutava não tinha nenhum conteúdo. As letras eram obscenas e os clips mais ainda! Eu gostava muito de musica Pop americana, mas vamos analisar as letras: da para eu levar alguma coisa de boa comigo? Mas nem todas musicas têm letras imorais. Ok, isso é verdade. Mas para que eu escutava musica? Para me sentir feliz? Eu tenho Deus no meu coração será que isso não é o suficiente para minha felicidade? Mas se eu me sentir triste ou pra baixo posso muito bem escutar o alcorão ou nasheeds, isso já me renova. Antes eu não entendia , mas quando você está vivendo isso, você começa a enxergar que tem maneiras muito mais eficazes de levantar sua auto-estima. Musica já não me faz falta alguma. =D

Aisha, você nem pode namorar, é tão bom namorar na sua idade! Agora me diga para que eu tenho que namorar? Eu nunca namorei antes, aliás, nunca tive nenhum contato com um menino e isso nunca me fez falta!
Namorar só vai me desgastar, já que, na maioria das vezes, esse namoro não vai pra lugar nenhum, é apenas pura diversão. Sem levar em conta que quanto mais você namora, mais vontade de namorar da! Isso só vai me fazer sofrer além de tirar o meu valor, muitas vezes esses meninos não te respeitam. Eu não quero ser mais um objeto.
Quando eu quiser um relacionamento sério, eu me caso, não preciso ter tido várias "experiências" anteriores ou ter "curtido". Ué, eu não posso "curtir" com meu marido?

Você nem pode vestir as roupas que quer... quem foi que disso que eu não me visto como quero? Aliás, quem foi que disse que as muçulmanas não se vestem como elas querem?
Acho que é meu direito não sair usando shorts, decotes, biquines. Eu me sinto feliz por sair sem a preocupação se o meu corpo está bom ou bonito para poder mostrar para os outros! O corpo é meu, eu não preciso saí mostrando ele pra todo mundo se eu não quero!
É demais isso? Eu sou obrigada agora saí com "mini roupas" só por que é o mais comum aqui e todo mundo se veste assim?? Acho que não! =D Estou muito bem assim, obrigada !

Eu me sinto totalmente livre para fazer o que eu quero! E eu estou super feliz assim, como eu nunca fui antes. Antes eu me sentia pressionada para ser como os outros queriam que eu fosse, agora eu sou aquilo que eu quero ser!
Então não venha me dizer que o islam está me privando de fazer coisas , por que não está.
Eu me sinto feliz e completa assim, hamdulillah =D

Bom, é assim como uma adolescente revertida ao islam se sente (pelo menos eu me sinto), então não venha julgar e criticar sem saber!

Carne de porco no Islam

Salam Aleikum!


Tem muita gente que vem me perguntar porque muçulmanos não comem carne de porco, eu também sempre me perguntei isso antes de me reverter.


E muitas dessas pessoas pensam que nós não podemos comer porco porque ele é um animal sagrado =S


Engraçado como há tanta gente que confunde islamismo com hinduísmo.


Acho que talvez seja por causa da novela "Caminho das índias" daí as pessoas fazem um 'mix' e confundem tudo!


Bem, porco não é um animal sagrado no islamismo, aliás, não existe nenhum animal sagrado no islam,nem semi deus e nem outro objeto de adoração. Nós adoramos apenas a Deus!


Aí, vem muita gente criticar, dizendo que não comer carne de porco é "frescura" da religião e que o islam inventa um monte de coisa "nada a ver". Já escutei isso várias vezes, infelizmente. =(


Mas uma coisa que a maioria dos cristãos não sabem é que eles também não podem comer carne de porco.


Em Levítco 11 : 7-8 você vai encontrar :"Também o porco, porque tem unhas fendidas, e a fenda das unhas se divide em duas, mas não rumina; este vos será imundo. Das suas carnes não comereis, nem tocareis nos seus cadáveres; estes vos serão imundos."


No alcorão a carne de porco também é proibida : “Ele somente proibiu-vos o animal encontrado morto, o sangue, a carne de suíno e tudo que tenha sido degolado sob a invocação de outro nome senão o de Allah…” (Capítulo 2, Versículo 173).


Deus criou alguns animais que servem de alimento para o homem, porém há outros animais que não foram feitos para isso, eles são prejudiciais a saúde humana além de não serem nada higiênicos.


O porco nasce, cresce e vive na imundice total, e está provado que a carne de porco é altamente prejudicial à saúde em quaisquer climas, especialmente no quente. É uma das principais causas de uma doença conhecida por "triquinose", originada por "triquina", um parasita perigosíssimo nele contido e de muitas outras doenças.


Ele é um animal preguiçoso; entregue ao sexo, detesta o sol, não tem espírito e determinação de luta, não é auto-disciplinado na comida e por isso até come as fezes, transporta inúmeros germes que provocam muitas doenças. Tudo isto prova a prudência da sua proibição no Islam.


Portanto os muçulmanos devem preocupar-se com a sua saúde e tentarem sempre estar saudáveis. Pois a saúde é o estado de bem-estar físico, mental e social e não é só a ausência de doença e enfermidade. E por Deus ser Misericordioso que tornou ilícito tudo que é sujo e prejudicial à nossa saúde.

Recitação do alcorão



Em verdade, aqueles que recitam o Livro de Deus e estabelecem a oração e gastam [em Sua causa] a partir do que lhes temos provido, secretamente e publicamente, [pode] esperar um lucro que nunca perecerá(35:29)



Salam Aleikum.


Você alguma vez já escutou a recitação do alcorão? Caso sua resposta seja positiva e você a achou bem diferente, foi falar sobre isso hoje.


Caso contrário, vou colocar ainda nesse post um vídeo com a recitação do alcorão e você terá a oportunidade de escutar.


Em primeiro lugar, o alcorão (também você pode encontrar essas variações de nomenclatura: corão,quran ou al qur'an) é o livro sagrado dos muçulmanos que é a palavra literal de Deus revelada pelo profeta Mohamed (que a paz e bênçãos de Deus estejam com ele) através do anjo Gabriel para toda humanidade.


O alcorão é essencial para a vida de todos os muçulmanos. Ele aborda assuntos como a origem do homem, do universo, vida após a morte, contem leis de moral, sociais, economia, familia e muitos outros. Enfim, ele é um guia completo mostrando o caminho que traz harmonia dentro de toda a sociedade e nas nossas vidas.


Algo que deve ser levado em consideração é que o alcorão sagrado que temos hoje é o mesmo que foi revelado ao profeta, sem nenhuma modificação e Deus prometeu preservar-lo até os fins dos tempos.


Ao receber a revelação, o Profeta se engajou no dever de transmitir a mensagem a seus Companheiros através da recitação das palavras exatas que ele ouviu, em sua ordem exata.


Então, uma particularidade do Alcorão é a facilidade, Deus facilitou a sua recitação, a sua memorização, o seu entendimento e a pratica dos seus ensinamentos, diz Deus o Altíssimo:


" Em verdade, facilitamos o Alcorão, para a admoestação."

" Em verdade, facilitamos o Alcorão para a recordação." (Alcorão Sagrado 54:17 e 22)

e diz:

"Em verdade, temos-te facilitado ( o Alcorão ) em tua língua para que meditem." (Alcorão Sagrado 44:58)


E como conseqüência dessa facilidade vemos homens, mulheres, velhos, crianças, árabes e não árabes (mesmo que não saibam nada acerca do idioma árabe), todos memorizando esse Livro e recitando os seus versículos nas suas casas, nas mesquitas e onde mais desejam.


Não apenas as palavras do Alcorão são memorizadas, mas também suas pronúncias, uma prática que se transformou em uma ciência chamada Tajweed (que significa literalmente, embelezar ou enfeitar alguma coisa). Essa ciência elucida meticulosamente como cada letra deve ser pronunciada, e também a palavra como um todo, inclusive no contexto de outras letras e palavras. Por isso, podemos encontrar pessoas de diferentes idiomas capazes de recitar o Alcorão como se fossem árabes, vivendo durante o tempo do Profeta.


Por isso o alcorão tem jeito único, que só ele tem e você nunca vai encontrar algo parecido.


E se estais em dúvida sobre o que Nós revelamos (o Alcorão) ao Nosso adorador (Muhammad ), então produzi um capítulo como esse, e chamai vossas testemunhas, (apoiadores e ajudantes) além de Deus se sois verdadeiros. E se não o fizerdes, então nunca podereis fazê-lo, e temai o Fogo (Inferno) cujo combustível são os homens e as pedras. Ele foi preparado para os descrentes. E dê boas novas (Ó Muhammad) a todos aqueles que crêem e fazem boas obras, porque deles são os jardins (Paraíso) nos quais correm
os rios...
(Alcorão, 2:23-25).


Leve em consideração que o menor capítulo do alcorão (o capitulo 108) tem apenas 10 palavras, e até hoje ninguém conseguiu criar algo parecido.


Para quem não é muçulmano e vai escutar o alcorão pela primeira vez vai achar bem diferente. Tem muita gente que pensa que estão "cantando" o alcorão, mas a verdade é que a leitura do alcorão tem um estilo próprio, que só ele tem, e que algumas regras devem ser levadas em consideração quando você vai recitá-lo.






Tecnologia do Blogger.
Blog contents © Ideias de uma Aisha 2010. Blogger Theme by NymFont.